Pesquisadores do IFPR viabilizam criação do Centro de Inovação Tecnológica (CitAC) no município de Assis Chateaubriand.

O Campus Assis Chateaubriand do IFPR foi contemplado no edital de seleção para apoio à implantação de projetos que contribuam com o Desenvolvimento Territorial. A proposta desenvolvida e apresentada à banca avaliadora pelo pesquisador Rafael Bartz do grupo de pesquisas ifinos, com apoio do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) do Campus. Participam como parceiros da proposta a Associação Comercial de Assis Chateaubriand (ACIAC) e a Prefeitura Municipal de Assis Chateaubriand.

Serão R$ 43.023,18 não reembolsáveis, oriundos do Programa Regional de Formação para o Desenvolvimento Econômico Local com Inclusão Social para o Brasil (ConectaDEL Brasil), articulado pela Fundação Parque Tecnológico da Itaipu (PTI), com apoio da Itaipu Binacional.

A primeira fase contou com 19 projetos de toda a região Oeste e Noroeste do Paraná, submetidos à avaliação técnica, dos quais 7 projetos foram classificados para apresentação à uma banca avaliadora. Após essa fase, o projeto foi aprovado com a segunda maior pontuação global.

O objetivo do CitAC é criar um centro de inovação tecnológica no município, por meio da estruturação de um espaço para o desenvolvimento de projetos inovadores e iniciativas makers, aberto à comunidade e que ofereça formação e suporte técnico para a prototipação de ideias.

O processo começou com o interesse do Grupo ifinos em viabilizar tal espaço e com o curso “Promotores em Desenvolvimento Territorial (Cofinanciamento de Projetos)” realizado no PTI, que contou com a participação dos servidores do IFPR Assis Chateaubriand, o proṕrio professor Rafael Bartz e os docentes Renato Lada Guerreiro e Tatiane Martinazzo Portz.

O professor Bartz fala sobre a oportunidade de fazer o curso: “foi muito importante para fortalecer os objetivos e a dinâmica do trabalho que já estávamos realizando com a elaboração de projetos nas linhas de pesquisa do grupo ifinos. Também pude contar com toda a experiência dos profissionais do PTI, que foram muito atenciosos e nos proporcionaram um curso de qualidade, e orientações importantes no desenvolvimento do projeto.”

O resultado final encontra-se aqui. Espera-se que no princípio de 2018 o CitAC esteja em funcionamento. Novidades serão publicadas neste espaço.

Vídeo da defesa da proposta:


Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s