Pesquisadores do ifinos participaram do 8º NASA Space Apps Challenge.

2019-10-19 09.53.48 (1)

 Assis Chateaubriand teve um final de semana intenso nos dias 18 a 20 de outubro. Não estamos falando somente da ExpoAssis, mas também sobre o NASA Space Apps Challenge, o maior hackathon do mundo. O desafio foi realizado no salão de eventos da ACIAC e contou com 16 participantes da região, a maior parte estudantes do IFPR Assis Chateaubriand. Todos os anos, a NASA promove uma série de desafios globais. Durante mais de 30 horas ininterruptas, três equipes trabalharam arduamente para propor soluções tecnológicas de três desses desafios.

   O Space Apps é um hackathon internacional para codificadores, cientistas, designers, contadores de histórias, fabricantes, construtores, tecnólogos e outros, e , acontece uma vez ao ano simultaneamente em cidades ao redor do mundo.

   Segundo o professor de Física Bruno Garcia Bonfim, professor do IFPR e pesquisador do Grupo ifinos, “o evento proporcionou a todos participantes um ambiente de imersão em diversos problemas globais, via plataformas on-line, nas quais exemplos de abordagens e dados estavam disponíveis. Possibilitou conhecermos melhor a amplitude de trabalhos desenvolvidos pela NASA. Para se vencer os desafios escolhidos os  participantes formam equipes multidisciplinares, considero esse um dos pontos altos do evento, pois proporciona um excelente momento de troca de conhecimento, muito aprendizado e diálogos ricos em ideias chaves para o problema selecionado. Como membro da equipe SDGs Nasa Brasil, após um brainstorming,  escolhemos um desafio relacionado à Vida na Terra, buscando solucionar problemas acerca de tecnologias para monitoramento de dados de um dos Objetos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Todos no evento ‘suaram a camisa’, mas foi possível perceber a satisfação, empenho e dedicação dos participantes em proporem soluções de problemas vigentes para humanidade.”

   Em apenas um fim de semana, com a auxílio da Equipe Organizadora Global da NASA, centenas de líderes locais em todo o mundo realizam eventos em um sprint de 48 horas no qual seus participantes buscam soluções para os desafios propostos pela NASA, elaborando  jogos, aplicativos, vídeos, ferramentas de ensino e muito mais. 

   Os três trabalhos desenvolvidos pelas equipes de Assis Chateaubriand apresentaram resultados que surpreenderam a Comissão Avaliadora Convidada, composta por três especialistas em tecnologia e inovação, que tiveram a oportunidade de apresentar feedbacks, contribuindo para a melhoria dos projetos. A banca foi composta por Anaide Holzbach, diretora executiva da Maxicom Software, Ernesto Bradacz engenheiro proprietário da Bradacz Indústria Eletrônica e do professor Fernando Botelho, coordenador do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas da Unipar, Unidade de Toledo.

   Ao final do julgamento, tivemos a classificação final dos trabalhos: 1° Lugar – Team 433, que criou um jogo para informar e sensibilizar a população sobre os perigos do lixo espacial; 2° Lugar – Stardust Crusaders, que desenvolver um jogo mostrar a importância dos avanços tecnológicos decorrentes da pesquisa espacial e os benefícios que trouxeram para a sociedade; 3° Lugar – SDGS – plataforma para ajudar os governos e entidade sociais a alcançarem os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável propostos pela ONU.

   “É incrível como em um curto período de tempo consegue-se aprender novas coisas, descobrir capacidades já existentes e perceber a importância do trabalho em grupo. Acredito que não só para mim, mas para todos os participantes foi um momento de troca de conhecimento, que deixa evidente que essa integração de pensamentos é essencial para a criação de algo inovador. A participação no Space Apps Challenge foi uma grande oportunidade.” Depoimento da estudante do 3º ano do Curso Técnico de Informática Integrado ao Ensino Médio do IFPR, Emi Kussano Oliveira, também pesquisadora do grupo ifinos, que fez parte da equipe primeira colocada no hackathon.

   A NASA cadastra anualmente sedes oficiais para a realização do evento. Neste ano Assis Chateaubriand ficou associada à sede de Foz do Iguaçu, e contou com todo o apoio da equipe coordenada pelo professor Fabiano Neumann da Uniamérica. A equipe organizadora local em Assis Chateaubriand foi composta pelos pesquisadores do ifinos, professores Renato Lada Guerreiro, Luis Henrique Manosso Von Mecheln e Olavo José Luiz Junior. No ano de 2020, o campus Assis Chateaubriand vai hospedar o evento como sede oficial.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 


Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s